Cartoon Profético

"Até agora, nenhum atentado na França"
"- Aguarde! Temos até o fim de janeiro para enviar nossas felicitações"


Em uma de suas mais recentes criações, o cartunista e diretor de publicações do Charlie Hebdo, Stéphane Charbonnier, ou Charb, como era mais conhecido, publicou um desenho que o jornal francês Lé Mond chamou de premonitório: um alerta sobre o perigo dos ataques terroristas ao país. Mais...

E o susto de Henrique Alves, hein?

O susto que Henrique Alves, presidente da Câmara dos Deputados, levou com os tiros de canhões na cerimônia de posse de Dilma ontem, quinta (1º), deu o que falar. Confira o vídeo que mostra o divertido ocorrido:

Retrospectiva 2014

O avião sumiu, o forninho caiu e o Marco Civil. Não vai ter Copa. Acabou a água. O desafio do balde de gelo. Coxinhas X Petralhas. A Mãe Dináh morreu. Dilma se reelegeu. O cometa é nosso. Todos à Av. Paulista! Ciclovia vermelha. iPhone 6 entortou. A senhora está sendo leviana. Taca-le pau, Marcos. Vi o olhinho azul do meu candidato. 7 X 1. Beijinho no ombro. Ebola, Crimeia, Ucrânia e Gaza. O Papa é comunista. Obama também. Petrolão, Trensalão, Mensalão, Lobão, Bobão. Li na Veja. Sabe de nada, inocente! Patrícia Poeta saiu. Suzane casou. O Orkut acabou. O helicóptero não é de ninguém. Chaves, drones e Game of Thrones. Órgão excretor que não reproduz. Volta pra Cuba! Manda um ZapZap. Peladas em Porto Alegre e Roger Abdelmassih no Paraguai. 1º, 2º e 3º Turno. ISIS e Rosetta. Emojis, Secret,Tinder e Venina Veneno. Juiz é Deus. É Fantástico. Youssef, Selfie. Anão diplomático. Nada a declarar. Macaco! Maconha. Não merece ser estuprada. Os emails da Sony. Medina Surfistinha.

O Mundo no Ar - O Retorno! :-)

Certa vez alguém disse que a contagem no web-tempo é muito diferente do calendário tal qual conhecemos no cotidiano. Cada ano equivale a dez, tal a velocidade da tecnologia da informação.

Criar e manter um blog diário no final dos Anos 90 era algo como participar de um seleto grupo de exploradores espaciais dos filmes de ficção-científica. Tudo era uma grande surpresa, uma novidade ou um desafio, inclusive técnico.

Lançar ideias, pensamentos, opiniões no formato de textos no vasto espaço da internet utilizando bits & bytes reciclados e ainda por cima receber quase que instantaneamente o feedback dos leitores, parecia algo como mágica: inexplicável e fascinante.

É bom lembrar que ainda não existia nenhuma tipo de rede social; o compartilhamento de informações era no máximo através das newsletters e os mailing lists.

O blog abriu a possibilidade para um tipo de comunicação direta com o leitor e a interação deu um salto ao infinito. Publicou? Alguém leu e respondeu! Simples assim. Sem subsídios financeiros a filosofia pioneira era: - Enquanto tiver alguém comentando no blog, valerá a pena o esforço e o trabalho em mantê-lo no ar, diziam alguns.

destaque em 2003
E foi neste clima que deixei de ser um mero comentarista no espaço virtual dos outros e criei a primeira versão do blog "O Mundo no Ar" em Maio/2003.

TV Manchete - 1986
O nome veio de um programa da extinta TV Manchete, produzido em 1986 pela equipe Olhar Eletrônico de São Paulo. Tratava-se de uma paródia de um telejornal sem compromisso com a verdade. Realizado com apuro técnico e de uma ironia genial, sabe-se lá o por quê o programa durou apenas quatro edições antes de ser retirado da grade de programação.

O nome ficou na minha cabeça durante mais de quinze anos como uma referência ao humor e a visão crítica do dia a dia.

E é assim que nasce hoje a 2º Versão do blog "O Mundo no Ar". Seja bem-vindo e aproveite a viagem! Ivan Freitas (em Brasília, 12 de Julho, 2014 às 08:25)
Página inicial Postagens mais antigas