15:42 Ivan Freitas 0 Comentarios

Olha só o absurdo:


- Justiça manda loja indenizar mulher revistada no trabalho. Até uma 'revista básica', tudo bem! Agora... o que essa loja (Marlok Calçados e Confecções, em Guarulhos na Grande São Paulo), fazia era um completo absurdo!

"...A funcionária procurou a Justiça pois se sentia lesada com a maneira de a loja evitar roubos: todos os dias, após o expediente, os funcionários eram obrigados a passar por uma revista íntima. O procedimento incluía abaixar as calças até os joelhos e levantar a camisa até o ombro..."

Olha só: "...A ex-funcionária alegou que não se sentia bem ao ter de expor as suas partes íntimas..." Também... pudera!!! Vixe Nossa Senhora das Janelas!!!

0 comentários:

Postagem mais recente Página inicial Postagem mais antiga